Qual o Melhor Renderizador?

Quem nunca ser perguntou isso? Existem diversos renderizadores para o Blender além do interno: Indigo, YafRay, Luxrender, Sunflow, entre outros. A verdade é que não existe um que seja O Melhor. Existem sim, vantagens e desvantagens.

O renderizador interno tem a vantagem de ja vir com o Blender, sem precisar de scripts e outros downloads para usá-lo. Além disso, ele renderiza rápido e tem muito potencial. Basta observar a galeria do Blender.org, imagens fantásticas que estão lá foram renderizadas com o interno. Outro ponto excelente é que, por ele ser o renderizador padrão do Blender, o interno aceita todas as funções do Blender.

Acredito que o principal problema do renderizador interno é que ele não proporciona realismo nas cenas. Claro que com uma boa configurações isso é possível, mas é raro ver uma maquete eletrônica realista feita com ele. Isso deve-se ao fato de que ele não possui GI, apenas AO (Ambiente Occlusion), e não simula de modo real as propriedades de luz.

Mas nunca duvide do renderizador interno. Poderia citar diversas imagens para mostrar o seu potencial, mas selecionei justamente estas uvas do artista Lucas Veber. Não sei porque, mas gostei muito quando vi elas pela primeira vez.

“Grapes” por Lucas Veber

O YafRay. Ele é excelente e é, ou ja foi, o renderizador mais usado para o Blender. Antes, era ele ou o renderizador interno, mas hoje podemos dizer que não é mais. Seu desenvolvimento parou na versão 0.0.9 e outros renderizadores foram tomando seu lugar. Porém, ele ainda está vivo! Usuários já estão desenvolvendo há um tempo o chamado Yaf(a)Ray, totalmente novo. Ele promete vir com muitas novas opções para deixar o render ainda melhor.

O YafRay possui uma grande vantagem diante dos outros renderizadores, simplesmente pelo fato dele possuir total integração com o Blender – ou quase total. Para utilizá-lo não é preciso de script ou fazer as famosas gambiarras que são necessárias as vezes com o Blender. Basta baixar a instalar. Digo integração ‘quase total’ porque algumas coisas, como as partículas, ainda não funcionam no YafRay.

O tempo de render dele é relativamente curto, mas o interno continua sendo o mais rápido.

“A Quiet Afternoon in Takayama” por Ramon Cererols

Agora sobre o Indigo. Depois que conheci este renderizador nunca mais larguei ele. É simplesmente incrível, você coloca uma luz aqui, faz uns ajustes alí e pronto, o render fica excepcional! Mas, tudo tem seu preço. Todos dizem que ele demora para renderizar, e este ‘demora’, é porque demora mesmo. Já disse em outro post que você chega a esperar dias até um bom render sem nenhuma sujeira na imagem.

Não que isto seja um verdadeiro problema. Dependendo das configurações do seu computador a renderização pode ser bastante rápida. E também, nada que uma uma boa pós produção não resolva.

A instalação dele é extremamente simples. É necessário apenas baixar ele e o script de exportação. Se você quer começar a usá-lo agora, leia este guia para quem está inciando com o Indigo.

“They Came at Night” por Sander Wit

O V-Ray é uma nova alternativa para renderizar com o Blender. Apesar de não existir versões dele para o Blender, podemos usar um script e renderizar com a versão para Maya. Por experiencia própria, posso dizer demora um pouco para pegar o jeito com ele, pelo grande número de configurações.

A parte mais incrível do V-Ray é que você consegue resultados muito bons em muito pouco tempo. Também é legal o fato de podermos utilizar as mesma configurações dos materiais do Blender para ele.

E a situação do V-Ray está ficando cada vez melhor em conjunto com o Blender. O desenvolvedor pretende fazer uma versão para integração maior, igual a do YafRay.

Quanto aos outros renderizadores, ainda não tive a oportunidade de testá-los. Mas posso dizer que são do mesmo potencial. Pelas imagens é possível ver que realmente o renderização é só uma peça do trabalho, basta o artista saber configurar. Cada pessoa precisa perceber quando e qual renderizador usar em cada situação. As vezes um é mais adequado do que outro.

Veja este artigo. Existe uma comparação entre alguns renderizadores famosos para o Blender. Mas é visível que o artista não soube configurar direito as cenas, portanto o teste não é conclusivo. Podemos levar em conta apenas o tempo de renderização de para um. Veja abaixo o tempo de cada renderizador.

Sunflow: 21 minutos

Renderizador do Blender: 9 minutos

YafRay: 1 hora e 29 minutos

Indigo: 2 horas

Leve em consideração também o computador utilizado para renderizar: um Pentium 3 de 1200 Mhz com 512 MB de memória

Você pode ver outra comparação neste link. Desta vez, o teste é entre o Indigo, Maxwell e Kerkythea. Detalhe: o teste não foi produzido com o Blender, até porque o Maxwell ainda não tem integração para nós. As imagens foram renderizadas durante 1 hora e 40 minutos para melhor comparação, assim podemos ver qual apresenta melhor resultado nesse tempo.

Novamente, não podemos tirar muitas conclusões. As imagens ficaram muito parecidas e todas com muito granulado.  Além do mais, o teste não foi direcionado ao Blender.

Nesta comparação a diferença já é bastante significativa. O artista Yorik testou 5 renderizadores diferentes: interno, Kerkythea, Indigo, Luxrender, Yafray. Desta vez, na minha opinião, o vencedor foi o Kerkythea. Em muito pouco tempo o render ficou sem nenhum granulado. O YafRay também apresentou bom resultado, ficou com um pouco mais de realismo em relação ao Kerkythea, mas demorou mais tempo. Veja abaixo a relação dos tempos.

Renderizador do Blender: 9 minutos

Kerkythea: 40 segundos

Indigo: 2 horas

Luxrender: 2 horas

YafRay: 15 minutos

A conclusão final não é nenhuma novidade. Não existe um melhor. Alguns, por exemplo,  são mais rápidos, mas a imagem final não é proxima da realidade. Outros são mais fáceis de configurar, mas levam mais tempo para renderizar. Você é que decide qual é o melhor para você usar e quanto usar. Afinal, cada caso é um caso e quem faz a arte é o artista e não o programa.

Boa sorte ;).

About these ads

~ por tatasoka em 23 de agosto de 2008.

11 Respostas to “Qual o Melhor Renderizador?”

  1. apenas uma correção, mais ou menos no meio do artigo é mencionado “Pentium 3 de 1.2 Mhz” acredito que seria Ghz

  2. Verdade Lucas,

    O correto é 1200 Mhz, coloquei o ponto sem querer. Corrigido, obrigado!

  3. Como faço para conseguir uma versão de algum renderizador
    onde posso comprar

  4. Adeildo, todos os renderizadores citados acima são grátis, exceto o V-Ray.

  5. Testei uma renderização pelo Indigo de um movel com dois ou tres materiais. Ficou treze horas e ainda não havia terminado arenderização. Isto é Normal. Existe alguma configuração para diminuir o tempo?

  6. Paulo, a renderização do Indigo é infinita. Ou seja, você pode deixar renderizando para o resto da vida que ele vai ficar renderizando.

    O que você precisa fazer é ver se o render está bom e fechar a janela. Quando você fecha a janela ele para o render e a imagem fica salva na pasta renders, dentro da pasta do Indigo.

    Abraços!

  7. Oi.
    O post de cima vc disse que o indigo renderiza infinitamente.
    queria saber se depois que eu fechar a janela tem como continuar a renderização de onde ela parou.
    valew.

  8. Ola.
    eu de novo.
    deu um errinho aqui na hora de colocar o script blendigo.
    Eu uso o Python 2.5.2
    mas na hora que mando abrir o exportador do tipo blendigo ele da o seguinte erro:
    python script erro: check console

    • Geovane,

      Acredito que não é possível continuar o render. E quando dá um erro assim você deve abrir o console do Blender, aquela janela preta que abre junto com o programa.

  9. No meu caso eu quero mais velocidade e qualidade na iluminação e material. Eu sei que é pedir demais mas eu gostaria da sua opinião de qual programa _ gratuito _ eu posso usar.
    Acressente, se puder, os seguntes programas:

    Real-time HDR IBL

    NVIDIA Gelato 2.2 Release 1

    Agradeço desde já.

    Configurações:

    Intel(R) Celeron(R)CPU
    570 @ 2.26 GHz
    2.27GHz 960 MB de RAM

  10. Parabéns campeão pelos tutoriais mostrados acima, com “tão pouco relatado” por assim dizer, contém muita informação útil.
    Abraço

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 143 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: